Bloco Carnavalesco Unidos de São Miguel se prepara para o carnaval 2018.

A fim de colocar o bloco na rua, os integrantes do Bloco Carnavalesco Unidos de São Miguel estão desde o início da semana em ritmo acelerado de ensaios. Além da tradicional bateria, o bloco contará com um casal mestre-sala e porta-bandeira, comissão de frente, passistas e ala das baianas.

Naná e o apito, Mestre de Bateria da Unidos de São Miguel.

Os ensaios estão sendo realizados na barraca Codorna, no centro da cidade três vezes por semana: segunda, quarta e sexta, a partir da 19h. Quem quiser participar, basta comparecer aos ensaios e manifestar seu interesse. Quanto antes, melhor, para estar bem ensaiado para a apresentação oficial.

A turma da bateria está sendo ensaiada pelo veterano Naná. Ele cuida de todos os ajustes necessários para garantir a harmonia entre os instrumentos. Rígido na disciplina e obediência ao apito, essencial para a evolução da bateria, o mestre de bateria da Unidos de São Miguel não deixa passar nenhum detalhe. Tudo começa e termina ao sopro do apito.

Moradora do bairro Córrego São Miguel e única mulher na bateria do bloco, até o momento, Roziane toca tamborim e segue à risca a instrução do mestre de bateria. Quem também faz uma participação mais do que especial no bloco é o Vandeco contribuindo para a composição da percussão tocando surdo.

A comissão de frente, responsável por cumprimentar o público e apresentar o bloco durante o desfile, ensaia em conjunto com a bateria. Toda a coreografia tem a atenção especial de Wagner Braga. Já o mestre-sala Vanderly Nascimento e a porta-bandeira Rosana contam os dias para cair na folia.

O Bloco Unidos de São Miguel fará duas apresentações neste carnaval 2018, a primeira no domingo, dia 11 e a segunda na terça-feira, dia 13.